Página inicialCadeiras em longarinasInformáticaPlayStationCadeiras GiratóriasParceirosLongarinas para igrejas
Lajeado, 26.09.2018

PRODUTOS

Acessórios para Cadeiras  Acessórios para Cadeiras

Bancos e longarinas cadeiras plásticas e estofadas  Bancos e longarinas

Banquetas Giratórias Cromadas ou Pintura Epoxi para cozinhas e salões de festa  Banquetas Cromadas

Banquetas Giratórias Cromadas ou Pintura Epoxi para cozinhas e salões de festa  Banquetas Giratórias

Banquetas Giratórias Cromadas Kalossi para bar. copas, cozinhas americanas  Banquetas Kalossi

Cadeira 4 pés  Cadeira 4 pés

Cadeiras de escritório Linha Eco - Completa linha de cadeiras modernas para escritórios e ambientes corporativos revestimento de alto padrão e acabamento impecável.  Cadeira de escritório

Cadeira Desenhista  Cadeira Desenhista

Cadeira Diretor  Cadeira Diretor

Cadeira Presidente  Cadeira Presidente

Cadeiras Secretárias Giratórias Amarelas              Cadeiras Secretárias Giratórias Azul Escuro           Cadeiras Secretárias Giratórias Azul Claro             Cadeiras Secretárias Giratórias Brancas                Cadeiras Secretárias Giratórias Cinza                    Cadeiras Secretárias Giratórias Cor de Rosa Bebê  Cadeiras Secretárias Giratórias Laranja                 Cadeiras Secretárias Giratórias Pink Rosa Pink       Cadeiras Secretárias Giratórias Preta Injetada        Cadeiras Secretárias Giratórias Lilás ou Roxa         Cadeiras Secretárias Giratórias Verde Escuro         Cadeiras Secretárias Giratórias Verde Limão          Cadeiras Secretárias Giratórias Vermelha  Cadeira Secretária

Cadeiras costureira, cadeiras para costura  Cadeiras costureira

Linha de cadeiras giratórias cromadas de alta sofiticação  Cadeiras Cromadas

Cadeiras de Escritório Cromada e Couro Natural  Cadeiras de Couro Natural

Cadeiras digitador giratórias secretária clássicas ou coloridas  Cadeiras digitador

Cadeiras em longarinas secretária basic estofadas em espuma injetada de alta densidade, com acabamento em perfil plástico ou capa injetada anatômica, estrutura metálica revestida com pintura eletrostática epóxi-pó texturizada, de alta resistência.   Cadeiras em longarinas

Cadeira Diretor de Cinema - Clássicos do Cinema em lona e Madeira dobrável  Cadeiras Famosas

Cadeiras Giratórias Gaudi  Cadeiras Giratórias Gaudi

Cadeiras Giratórias Kid's  Cadeiras Giratórias Kid's

Cadeiras Gogo estofadas decoradas   Cadeiras Gogo estofadas

Cadeiras Gogo Office púrpura padrão loja Vivo.  Cadeiras Gogo Office

Cadeiras para cozinha e sala de jantar cromadas  Cadeiras para cozinha

Cadeiras Plásticas  Cadeiras Plásticas

Longarinas cromadas para sala de recepção, sala de espera, auditórios  Longarinas cromadas

Longarinas Frisokar ISO  Longarinas Frisokar ISO

Longarinas plásticas  Longarinas plásticas

Mesa de Computador  Mesa de Computador

Mesas Aparadores Bistros Cromados para sala de jantar, para eventos, feiras, recpções  Mesas Cromadas Bistro

Móveis de Escritório  Móveis de Escritório

Poltronas cromadas para sala de estar e jantar  Poltronas cromadas

Poltronas estofadas decorativas Dorigon, Sofás decorados  Poltronas Sofás Dorigon

Promoção Dorigon poltronas estofadas  Promoção Dorigon

Secretaria Cromada  Secretaria Cromada

Cadeira Giratória Secretária Excutiva, Cromada, Digitador  Secretaria Executiva

Tecido Crepe Courvin  Tecido Crepe Courvin

X Dicas de Manutenção  X Dicas de Manutenção

X Materias Relacionadas  X Materias Relacionadas


LOGIN

      Usuário
      Senha


eXTReMe Tracker

Quais materiais são ecológicos?

X Materias Relacionadas Cadeiras Ecológicas
Cadeiras e Poltronas


Por Luciana Benatti
Revista Casa Claudia - 10/2004

 

PLÁSTICO
Condenado pelos ecologistas quando o assunto é embalagem descartável, o plástico obtém sua redenção no setor de móveis graças ao tempo de vida útil do produto. Trocando em miúdos: o problema não está no material, e sim na sua utilização. O plástico é um derivado de petróleo, mas apenas 4% da produção mundial do combustível é usada na sua fabricação.

 

 

Divulgação{txtalt}
Poltrona Jocker, de Heitor Écreli e Célio Teodorilo.
A boa notícia é que, entre os tipos de plástico empregados na indústria de mobiliário, a maior parte é reciclável. "Trata-se de um processo limpo", afirma Luís Illanes, da indústria catarinense Freso, que fabrica a poltrona Jocker, de polietileno. "No final da rotomoldagem, sobra uma casca de plástico parecida com uma borda de pizza. Esse resíduo é moído e volta ao processo para ser aproveitado em peças menos nobres", explica. Entretanto, o uso do plástico para a fabricação de móveis de design no Brasil ainda é restrito - diferentemente do que acontece na Itália, por exemplo. Mais conhecidas entre nós são as cadeiras e mesas de plástico branco vendidas em supermercados e muito comuns em áreas externas. Elas são feitas de polipropileno, um material 100% reciclável, que costuma durar muito desde que não sofra quebras por mau uso e excesso de peso.

 

Em resumo: por ter vida longa e ser reciclá-vel, o plástico é um material apropriado à fabricação de móveis. O mesmo não se pode dizer das embalagens plásticas descartá-veis.

"Vassouras, carpetes, solados de sapato, e outros objetos de nosso cotidiano são feitos
de plástico reciclado e ninguém se dá conta"

Silvia Rolim, da Plastivida, associação que estuda a relação do plástico com o meio ambiente


PEDRA
Um dos preceitos básicos da arquitetura sustentável é aproveitar os materiais disponíveis próximo à obra. Portanto, em locais com pedra em abundância, utilizá-la é um procedimento adequado. No entanto, o impacto causado pela extração e pelos resíduos gerados em seu processamento requer cuidados. O maior problema da mineração de rochas ornamentais, de acordo com Tânia de Oliveira Braga, do Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT), é a movimentação de grandes quantidades de terra.

 

Luis Gomes{txtalt}
Pedras pizarra revestem a sala de jantar projetada por Fabiana Avanzi e Tininha Loureiro.
O processo de extração é ainda mais impactante quando feito em blocos, como no caso do granito. "Sobram muitos pedaços de rocha que não têm uso." Já numa lavra de mármore bem conduzida, a quantidade de sobras é menor. Esse tipo de pedra também leva vantagem em relação ao granito no aproveitamento das sobras, que são moídas e usadas na agricultura, como corretivo do solo. Depois de extraídos, os blocos de pedra vão para as serrarias, onde são cortados em placas, e a seguir para as marmorarias, de onde saem como revestimentos, tampos e bancadas. Nessas etapas, o ponto crítico é o destino da chamada polpa, uma mistura formada pelo pó resultante da serragem e do polimento e pela água consumida nesses processos. Se liberado na natureza sem tratamento, esse material pode turvar e assorear os cursos d'água próximos.
Em resumo: o setor de pedras ornamentais ainda está se organizando na busca da certificação. Por enquanto, não é possível ter certeza de que o produto que compramos foi extraído e processado de acordo com as leis ambientais.

 

"A mineração inadequada das rochas provoca um grande movimento de terra. Estamos batalhando para criar uma certificação que garanta extrações apropriadas"
Tânia de Oliveira Braga, geóloga do Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT)


MADEIRA
A garantia de origem da madeira mais reconhecida é o selo FSC (Conselho de Manejo Florestal). Estampado numa peça, atesta que a árvore veio de uma floresta manejada de forma adequada - seja ela nativa, seja plantada (caso de eucalipto, pínus e teca). É, sem dúvida, a melhor opção

Tudo por causa da resina usada na prensagem do material. "Essas chapas são aglomeradas com um produto à base de formaldeído e emite substâncias tóxicas que agridem a saúde do operário", diz Márcio Augusto Araújo, do Instituto para o Desenvolvimento da Habitação Ecológica (Idhea).

 

 

Eduardo Delfim{txtalt}
Cadeira Bumerangue, de autoria de Sérgio Fahrer: MDF revestido de lâminas de pau-violeta e carvalho.
Ele afirma ainda que depois de prontas elas continuam liberando fenol no ambiente. Cada vez mais usados na fabricação de móveis, o aglomerado e o MDF de fato contêm uma resina com essa substância, mas a indústria rebate a informação de que esses produtos causam danos à saúde. Segundo Edison Rocco, da Duratex, os níveis de emissão são baixos e não existe estudo que comprove os efeitos nocivos. Além disso, segundo ele, mais de 90% das chapas produzidas pela empresa, cuja matéria-prima leva o selo do FSC, são revestidas de laminados plásticos, o que reduz a liberação da substância. Um dado importante nessa discussão é que, segundo uma norma européia, as chapas são classificadas em duas categorias, de acordo com os níveis de emissão de formol. No Brasil, a comum é a de maior emissão (característica não informada ao consumidor), mas o mercado externo só aceita a de baixa emissão.

 

A americana U. S. Environmental Protection Agency relaciona o formaldeído liberado por produtos de madeira prensada como uma das fontes de poluição em ambientes internos. Para combatê-la, recomenda ventilar a casa após a aquisição de móveis feitos com as chapas. Entre os problemas relacionados à ex-posição, estão a irritação de olhos, nariz e garganta, além de alergias. Recentemente, a Organização Mundial da Saúde, com sede na França, incluiu o formaldeí-do na lista de produtos cancerí-genos. "A indústria precisa buscar alternativas livres dessa substância", alerta Francisco Kulcsar, da Fundação de Segurança e Medicina do Trabalho (Fundacentro).

Em resumo: dê preferência à madeira maciça com o selo do FSC. No caso da chapa de MDF, compensado e aglomerado, exija o produto com baixa emissão de formaldeí-do.

"O MDF certificado é uma boa alternativa ecológica. Porém é nossa obrigação cobrar que a indústria passe a utilizar colas e resinas atóxicas na fabricação do produto"
Sérgio Fahrer, autor da cadeira Bumerangue


CERÂMICA

Há 50 anos, quando as primeiras indústrias começaram a produzir azulejos no Brasil, não existia a consciência ecológica que temos hoje. Elas retiravam a argila nas várzeas de rios e, quando já não havia mais nada para extrair, deixavam láum buraco. A partir dos anos 90, tudo mudou. "Em parte por consciência da própria indústria e em parte por causa das multas aplicadas pelos órgãos competentes", diz Anselmo Boschi, da Universidade Federal de São Carlos, SP. "Hoje, exige-se a recomposição total da mata nativa antes de a empresa abandonar o lugar", conta.

 

Luiz Roberto Pereira{txtalt}
Área de serviço revestida de piso e azulejos cerâmicos.
Nesse meio tempo, o Brasil se tornou o quarto maior produtor de pisos e azulejos do mundo e, como grande exportador, tem de cumprir normas internacionais e ficar atento à melhor tecnologia disponível. A grande preocupação do setor hoje é com o consumo de água. "O líquido é usado como matéria-prima e também auxilia na limpeza", informa Mariezi Olivo de Brida, coordenadora de meio ambiente da Eliane. Trata-se de verdadeiros rios que circulam diariamente pelas linhas de produção. De todos os tipo de revestimento, o porcelanato é o que vai com mais sede ao pote. O alto brilho desse material é obtido por meio de um polimento feito com pedras abrasivas e muita, mas muita água — cerca de dez vezes mais que a cerâmica comum. A boa notícia é que, em ambos os casos, 80% do volume volta limpo para o processo. O restante é descartado em rios - alvos constantes de monitoramento das empresas.

 

Em resumo: nossa produção atende a critérios ambientais internacionais. A boa relação com a natureza é garantida pela fiscalização de órgãos como a Fatma (SC) e o Cetesb (SP).

"Nos últimos dez anos, a indústria cerâmica brasileira caminhou a passos rápidos e estáperto de atingir uma produção totalmente limpa"
Anselmo Boschi, professor de engenharia de materiais da Universidade Federal de São Carlos, SP.




 

 

 

Cadeiras giratórias pink lilás cor de rosa ajustável escamoteável secretaria executiva diretor presidente de couro corino courino cores diversas teen .:. Informatica lajeado rs notebook lajeado rs suprimentos lajeado rs computadores lajeado rs cadeiras lajeado rs cadeira secretaria giratoria lajeado rs cadeira diretor lajeado rs cadeira presidente lajeado rs cadeira giratoria pink lajeado rs cadeira secretaria linha gaudi lajeado rs cadeira secretaria giratoria linha young lajeado rs lajeado-rs, softwares, programas, sites, lajeado, site lajeado, regiao dos vales, paginas, internet, multimidia, animação, portais, dinamicos, site dinamico, sites dinamicos, loja virtual, lojas vistuais, e-commerce, venda online lajeado rs Gestor Total lajeado rs loja de informatica de lajeado rs poltronas giratórias poltrona giratória cadeiras em longarinas longarina 3 lugares 4 lugares 5 lugares